Sp.Pombal na final da Taça distrital

O Sporting de Pombal garantiu o apuramento para a final da Taça distrital, ao vencer o Alvaiázere por 2-1. A formação da primeira distrital deixou muito boa imagem, demonstrando que tem claramente equipa para lutar pela subida de divisão na primeira distrital.
O Sporting de Pombal esteve melhor no primeiro tempo, “adormeceu” um pouco no início da parte, mas depois recuperou o controlo da partida. A vitória assenta bem aos locais, com boa réplica da formação do norte do distrito.
A primeira situação de perigo pertenceu aos locais, com Pedro Dias a cabecear ao lado. Ao minuto 25, surge o golo do Sporting de Pombal, com Tião a encostar após cruzamento de João Pinto.Palecas, aos 32 minutos, evitou o 2-0, com uma bela intervenção a uma tentativa de chapéu por parte de João Pinto.
Até final do primeiro tempo, registo para duas oportunidades para os visitantes por Trovejada e David Hingá.
No segundo tempo entrou melhor o Alvaiázere e Trovejada, na sequência de um livre, obrigou Wagner a bela intervenção. O empate chegou aos 64 minutos, com Trovejada a finalizar a preceito.
Oito minutos depois, os locais voltaram a marcar, cruzamento de Tião, Diogo Padeiro amortece de cabeça e Pedro Dias atira a contar.
Até final o marcador não se alterou. Boa arbitragem de Pedro Narciso e seus pares.

Campo Armindo Lopes Carolino, em Flandes
Árbitro: Pedro Narciso
Assistência: 300

Sp.Pombal 2
wagner; Zeca, Miguel Cá, Fidalgo e PaulO Martins; Pedro Dias, João Pinto e Tião; Gil Eanes (Felipe, 84′),Tiago Gomes (Pedro Faustino, 64′) e Diogo Padeiro (Marco, 72′)
Não utilizados: Diogo Rato, Vumi, Simão
Treinador: Marco Ferreira

Alvaiázere 1
Palecas; Nélson Pereira, Balakov, Rui Carlos e Taqueiro (Dani, 16′); João Carvalho (João André, int), René e David Hingá; Yan, Trovejada (Hélder Saraiva, 86′)
Não utilizados: Ecas, Pedro Simões, Carlão e João Hingá
Treinador: José Marques

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0 Tião (25′), 1-1 Trovejada (64′) e 2-1 Pedro Dias (72′)
Acção disciplinar: Amarelo a Tiago Gomes (53′), Nélson Pereira (71′) e Zeca (74′)