Zé Pedro, Portugal despede-se do “Homem do Leme” do Rock `N´ Roll Português

O País inteiro conhece  Zé Pedro, conhece os Xutos e Pontapés.

O País inteiro chora a morte de Zé Pedro.

José Pedro Amaro dos Santos Reis, nasceu em Lisboa em 1954, homem de sorriso fácil e de um coração enorme, é assim que descrevem as pessoas que privaram com o Zé Pedro.

Formou os Xutos e  Pontapés quando tinha apenas 22 de anos, no ano de 1978, através de um anúncio de jornal em busca de membros e, dos ensaios na garagem, viu o sonho levantar voo na sua primeira atuação em 1979. numa altura em que se respirava Punk Rock nas ruas de Lisboa.

Joy Division, The Clash, Sex Pistols foram as bandas que estiveram na origem da inspiração do Zé Pedro e dos Xutos.

Foi compositor de algumas músicas da banda como Submissão, onde foi também vocalista, e Não Sou o Único. Nos anos 90, durante uma pausa da banda, Zé Pedro e Kalú participaram na banda de Jorge Palma, o grupo Palma’s Gang. O guitarrista passou também por bandas como os Maduros ou Ladrões do Tempo.

Conhecido por apoiar e motivar novas bandas que surgem no panorama musical Português, Zé Pedro é lembrado por todos como uma pessoa com um coração enorme e de uma humildade extrema, que cativou gerações de Portugueses.

O último concerto de Zé Pedro, aconteceu no passado dia 4, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. O músico ouviu uma plateia de apoio e depois agradeceu: “Obrigado também a todos os que ontem gritaram o meu nome e fizeram com que tivesse força para continuar naquele palco até ao fim”.

O “Homem do Leme”, despediu-se ontem de todos aos 61 anos, vítima de doença prolongada.

A Rádio Cardal expressa as mais sentidas condolências aos familiares e amigos.

Até sempre Zé Pedro.